5 melhores formas de lidar com a birra infantil

5 melhores formas de lidar com a birra infantil


O tema de hoje é sobre um assunto que deixa os pais de cabelos pro alto: a famosa birra infantil. Você já passou por isso? Estar passeando no shopping e seu filho ou outra criança cisma de fazer birra por que quer que quer comprar aquele brinquedinho que viu na vitrine de uma loja? É muito constrangedor, não é mesmo? E na maioria das vezes, os pais acabam aceitando a birra e fazendo a vontade dessa criança… Mas saibam que isso deve ser evitado, você está entrando sem perceber no jogo que seu filho cria toda vez que quer algo. Continuando assim, ele entenderá que basta fazer uma birrinha e logo terá o que quer. Para poder ajudar as mamães que estão quebrando a cabeça pensando uma forma de amenizar as birras, selecionei 5 dicas que vão melhorar muito esse comportamento. A dica #2 é infalível, você vai ver. No final do post vou deixar alguns artigos que serão superinteressantes para você. Vamos começar!

♡ Posts que você precisa conhecer 

 10 coisas que preciso ensinar para meu filho
 4 dicas para educar os filhos de forma saudável
 34 truques incríveis para ajudar as mamães

Dica de ouro # 1 – impor limites

Por volta de 1, 2 anos de idade a criança se desenvolve e ganha autonomia. É a fase em que ela começa a andar, falar, e uma das primeiras palavras que aprende é “não”, e começa a confrontar e testar os limites e ver até onde os pais vão. É muito importante os pais agirem da mesma forma sempre para que a criança não fique confusa. Por que senão, na cabeça dessa criança, forma-se uma ideia de que, às vezes, agindo com birra, ela consegue o que quer; outras, não consegue, e isso a deixa perdida. A ideia é ela entender desde cedo que birra não é legal, e que existem outras formas de se conseguir o que quer, sem desautorizar os pais. 

Dica de ouro # 2 – negociar sempre no momento da birra infantil

Fazer pirraças para crianças de 4-5 anos é normal, é um sinal de crescimento e faz parte. Os pais, entretanto, precisam se impor. Por exemplo, quando a criança estiver fazendo aquela birra, respire fundo, tenha muita paciência e se posicione. Abaixe-se à altura dos olhos dessa criança e com firmeza fale algo nesse estilo: “Dessa forma eu não estou conseguindo entender o que você está falando, quando você parar de chorar aí sim a gente poderá conversar”. É claro que não será na primeira nem na segunda vez que isso vai funcionar, mas você começando e toda vez adotando essa postura, a criança tende a diminuir esse comportamento. Você também já pode preparar essa criança antes de ir a um lugar público como shopping, avisando-a que se repetir aquele comportamento de fazer birra como da outra vez, não terá algo em troca devido ao mau comportamento (nesse caso você negocia um prêmio anteriormente para incentivar o bom comportamento). Pode ser uma passadinha na livraria para ler um livrinho, algo que a criança curta fazer. Assim você já a deixa sob aviso e se acontecer, tente negociar, ou usar a técnica da distração, que é super bem-vinda com crianças pequenas na tentativa de tentar mudar o foco.

impor-limites-birra-infantil

Dica de ouro # 3 – você está educando seu filho, quem educa ama!

Muitos pais tem aquele pensamento: “Ah, eu fico fora trabalhando o dia inteiro e quando chego em casa eu quero ficar perto só curtindo com ele”…  Sim, isso é muito gostoso, e tem que ser assim mesmo, aproveitar cada minuto com seu filho, mas você não precisa pensar que se falar um “não” para seu filho ele vai começar a te rejeitar, pensar que está sendo rígida demais, com medo da cara emburrada da criança depois, isso não é bom, o limite é importante na formação da criança. Dar limites também é amar, pois quando essa criança crescer não será sempre que alguém vai dizer “sim” para ela, o “não” também faz parte.



comportamento-birra-infantil

Dicas de ouro # 4 – tente entender o comportamento do seu filho

Tente analisar o comportamento do seu filho, entenda como ele pensa, como de fato ele funciona e entenda o que o incomoda. Compreendendo melhor como é o seu filho fica muito mais fácil lidar com as birras e má-criações. É também importante para valorizar as coisas positivas que essa criança faz. 

Dicas de ouro # 5 – nunca prometa o que você não pode cumprir

As crianças agem e observam constantemente os pais, que são espelhos para elas, os exemplos para a formação de personalidade delas. Exemplo clássico é falar, depois de uma má-criação, que não ela poderá jogar vídeo game o dia inteiro e depois de 3 horas liberar o uso. Dessa forma os pais perdem a autoridade diante dos filhos, então, nunca prometa o que não pode cumprir. Se for aplicar alguma punição, no caso do exemplo do vídeo game, você poderia colocar 1 hora sem vídeo game, dessa forma a criança assimila melhor a punição.

nunca-prometa-o-que-voce-nao-pode-cumprir

Conclusão

Todas essas dicas sobre birra infantil que passei não são como receita de bolo, mas é uma forma que encontrei para tentar ajudar as mamães que me escrevem pedindo dicas, por que cada criança funciona de uma forma. O importante é que os pais possam disciplinar com amor e carinho pensando no futuro dessa criança.

Se você gostou e achou esse post bacana, compartilhe em suas redes sociais! Eu também adoraria saber a sua opinião sobre esse artigo nos comentários abaixo.

Vamos fazer assim, deixe um comentário sobre qual dica você mais gostou nesse post, ou sobre alguma dica extra que você deseja compartilhar aqui para ajudarmos outras mamães.

Um superbeijo e até o próximo post! :D

 ♡ Posts que você vai adorar ler ♡

 6 dicas para evitar a obesidade infantil
 10 alimentos que não são saudáveis
 6 passos para fazer um piquenique divertido
 Kit Kids – lanchinhos saudáveis para crianças
 Pratos divertidos para criança

 3 melhores destinos para viajar com bebê – Nacional
 7 dicas para viajar com crianças

 5 atividades educativas para fazer com seu filho
 18 ideias de quarto compartilhado para irmãos

 14 temas de festa infantil para você se apaixonar
12 formas de economizar na festa do seu filho

cometario_dicas-da-japa

Se você ainda não me segue nessas redes sociais, te espero lá!

Dicas da japa facebook
Dicas da Japa Instagram
Dicas da Japa-Google plus
Dicas da Japa - Twitter

Olá, Mamãe! Fique por dentro das novidades. =)
Coloque o seu e-mail aqui para receber em primeira mão as atualizações do meu blog.




  10 comments

  1. Suelen Mazali   •  

    Olá Bellinha,

    Adoro suas dicas e aproveito o máximo, tenho um filho lindo de 8 anos e é sempre um grande desafio controla-lo, ele é portador de sindrome de down e muitas vezes sinto que ele usa essa situação como vantagem kkkkkkk, mas desde muito pequeno meu marido e eu decidimos educa-lo como uma criança normal e ele é, ao seu modo e estimo, é uma criança normal.
    Estou gravida de 17 semanas e agora as birras dele começam a aparecer, antes achavamos que eramos pais privilegiados porque ele nunca havia apresentado essa atitude. Mas agora…. tenho me policiado a fazer o que é certo, mas as vezes é frustante por não funcionar.
    Mas com essas dicas percebo que estamos no caminho certo.
    E estamos pronto pro próximo bebe que esta a caminho…

    Beijos

    Suelen Mazali

    • Bellinha   •     Autor

      Oi Suelen, tudo bem?
      Você e seu esposo estão no caminho certíssimo! O seu filho é supernormal!! Sempre o trate com muito amor! Tenho um casal de amigos que tem uma menininha com síndrome de down e ela é muito carinhosa, amorosa e muito inteligente! É a alegria da casa rs rs

      Creio que as birras que ele está demonstrando possam ser devido a sua gravidez (ciúmes), então sempre que puder senta com ele e explique falando que ele ganhará um irmãozinho e que os dois precisam ser muito amiguinhos e deixe-o participar das escolhas das roupinhas, de repente arrumar junto à mala de maternidade. Assim ele se sentirá mais confortável com a situação!
      Muito sucesso na sua 2ª gestação e mande um beijão pro seu filhão!

  2. Rosana ribeiro   •  

    Muito obrigada japa Belinha, suas dicas estão sendo de muito valor pra mim!! Tenho Sofia de 2 anos e João de 5 meses Sofia está fazendo muta pirraça e suas dicas com certeza vou adotar. Chorar por qualquer coisa e quer bater em qualquer pessoa, e bem vergonhoso mesmo. Muito obrigada.

    • Bellinha   •     Autor

      Oi, Ro! Fico superfeliz em saber o post lhe ajudou! Tenho certeza que Sofia vai melhorar bastante com essas dicas! Depois me conte como foi o processo, tá bem? Tenha paciência que dará tudo certo!
      Muitos beijinhos para você e nas crianças!

  3. DIRLENE MOURA   •  

    Eu já venho tentando fazer assim com meu filho, porém gostei muito das dicas principalmente a dica de ouro de número cinco.
    Muito obrigado.

    • Bellinha   •     Autor

      Oi, Darlene! Que bacana saber que você já aplica algumas dicas!
      A Dica número 5 é muito boa mesmo rs
      Obrigada pelo feedback.
      Vou ver se faço mais post nesse estilo para ajudá-las :D

  4. MACELLE LIMA   •  

    MEU FILHO TEM QUATRO ANOS E TA ME DEIXANDO LOUCA COM TANTA BIRRA,A SITUAÇÃO É TÃO CRÍTICA QUE ESTÁ ATÉ DIFÍCIL ENCONTRAR ALGUÉM PRA CUIDAR DELE ENQUANTO TRABALHO.

    • Bellinha   •     Autor

      Oi Macelle, tudo joinha?
      Nossa a situação é complicada por aí… mas tenta seguir aos poucos essas diquinhas que passei no post que tenho certeza que vai melhorar e lembre-se “muita paciência” que no começo vai ser difícil mesmo! MAs você consegue :D

  5. Taís Cristina   •  

    Bellinha, minha bebê tem 7 meses. Viajamos por 15 dias. Acredito que essa viagem quebrou e muito a rotina da minha bebê. E ela tem chorado por qualquer coisa, ou se alguém tentar pegá-la dos meus braços ou dos braços do pai. Isso será que se refere à idade ou a mudança na rotina a deixou assim será?
    Tem algum artigo ou post que possa me indicar?
    Muito obrigada…
    Amo suas dicas.
    Beijos, Taís.

    • Bellinha   •     Autor

      Oi Taís, tudo bem por aí?
      Creio que essa viagem de 15 dias tenha deixando a sua bebê um pouco desorientada, mas com ela está crescendo e adquirindo várias novas habilidades, já reconhece bem o papai e a mamãe, ficam muito apegamos mesmo é supernormal. Dê muito carinho e amor que é o que eles precisam nessa fase!!
      Um beijão para vocês!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>