Como entender a tabela nutricional dos rótulos dos alimentos

Como entender a tabela nutricional dos rótulos dos alimentos


Não sei quanto a vocês, mas toda vez que pego um rótulo de alimentos para ler, eu não faço a mínima ideia de como interpretar o significado de determinados itens descriminados ali, isso acontece com vocês? A maioria das pessoas e, até mesmo nós, só entendemos que quanto menos calorias, melhor, e esquecemos de verificar o restante dos componentes que determinam uma alimentação saudável e equilibrada, ainda mais nesse momento delicado que é o de cuidar da alimentação da mamãe e bebê, conforme já falei neste post, para quem ainda não leu: O que as mamães devem comer na amamentação?

Para poder entender melhor e tornar a nossa vida mais saudável, trouxe algumas dicas para podermos entender de uma vez por todas aquelas letrinhas pequenininhas que acabamos desistindo de ler e comprando os produtos só por julgar pela linda embalagem ou até mesmo pelo excesso de propaganda do dia a dia.

O que levar em consideração?

Antes de colocar qualquer produto dentro do carrinho, o valor do carboidrato, a gordura e o sódio são os principais itens a serem observados com atenção. Sabe por quê? Um exemplo clássico é se compararmos o suco de caixinha do suco natural. Não tem nem comparação. O suco da caixinha nunca chegará aos pés do suco natural. Essa é uma imagem que tirei só por curiosidade quando fui ao mercado. O que me deixou de queixo caído foi a diferença entre o macarrão normal e o macarrão instantâneo. Reparem na quantidade de sódio!!

Tabela nutricional - Macarrão
Pão integral sempre é a melhor escolha, contém mais fibras e pouca gordura.

Tabela nutricional - Pão de forma

Significado de itens da tabela de valor nutricional

É bom frisar, antes de tudo, que essa tabela não se refere a tudo que vem dentro da embalagem. Geralmente são porções como, por exemplo: 2 fatias de pão, 1 copo de 150ml, 2 colhes de Nescau, por exemplo, e assim por diante, depende de cada produto para pode mencionar os valores correspondentes.
OBS: Todos os ingredientes utilizados no produto que for comprar terá que vir em ordem decrescente, ou seja, aquele que estiver em maior quantidade para o de menor quantidade.



Valor energético- É o valor da energia produzida pelo corpo a partir do consumo dessas porções indicadas na tabela. Originado pelos carboidratos, proteínas e gorduras totais. Essas são as famosas calorias que nós sempre nos preocupamos.

Carboidratos- Fornecem glicose (energia) para o nosso organismo, portanto, sempre optem pelo carboidrato de boa qualidade que são os integrais.

Proteína- Importantíssima para o fortalecimento das células, tecidos e órgãos, sempre na medida exata. Eles estão presentes em: carnes e leguminosas como feijão.

Gordura total é a somatória de toda gordura existente no alimento.

Gordura saturada- Gordura não muito indicada, esse consumo tem de ser moderado, Aparecem em carne, pele de frango, leite integra entre outros. Se conseguir evitar melhor, pois essa gordura em excesso causa problemas de colesterol e cardíacos.

Gordura trans- Nem pensar!! Se vir que tem essa gordura, não comprem! Nosso corpo não precisa dessa gordura e ela faz muito mal. Gordura vegetal hidrogenada é a mesma coisa que gordura trans, por isso, antes de comprar, leia o rótulo!!

Fibras- Costumam aparecer em alimentos vegetais como frutas, alimentos integrais como cereais e, o melhor de tudo, excelente para o funcionamento do intestino.

Sódio- Outro que devemos consumir com moderação, o excesso pode trazer retenção de líquido e pressão alta. Ele está presente até nos alimentos doces em formato de conservante. Quanto menos sódio consumir, melhor. A quantidade recomendada diariamente é de 2400mg.

O melhor seria se conseguissem optar pelos alimentos orgânicos que não apresentam agrotóxicos e são ricos em fibras e ajudam no diabetes e colesterol.
Resumindo, meninas, deem preferência a produtos com baixa gordura saturada, gorduras trans e sódio e todos os ingredientes compostos no produto.

Já que aprendemos a importância de conferir essa tabela nutricional, não vamos dar mole e cuidar bem da nossa saúde e a do baby também, fechado? Espero que tenham curtido o assunto de hoje. Bjinhos.

Fique por dentro desses assuntos:

Por que o Pré-Natal é importante?

Saiba mais sobre o diabetes gestacional

Lista de enxoval de bebê – Alimentação – parte 3

Dicas das primeiras papinhas de bebê

Alimentação saudável para o seu bebê

Como congelar papinhas de bebê

10 alimentos que não são saudáveis

cometario_dicas-da-japa

Esses são os canais do blog nas redes sociais, espero vocês lá:

Dicas da japa facebook
Dicas da Japa Instagram
Dicas da Japa-Google plus
Dicas da Japa - Twitter

Olá, Mamãe! Fique por dentro das novidades. =)
Coloque o seu e-mail aqui para receber em primeira mão as atualizações do meu blog.




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>