Como-começar-a-falar-de-sexualidade-com-seu-filho

Como começar a falar de sexualidade com seu filho


Conversar sobre sexualidade gera muitas dúvidas e receios em casa. Conforme as crianças vão se desenvolvendo percebem que são meninos ou meninas, questionam o porquê de os adultos serem grandes e eles não serem. E acabam tendo curiosidades e recorrendo aos pais, mais ou menos entre os três e quatro anos elas já começam a perguntar sobre esses assuntos.

Tenho certeza de que você já se pegou respondendo para seus filhos sobre a história da cegonha, logo após eles terem lhe perguntado sobre como nasce um bebê ou como nasceram, acertei?

Já viu esses posts?

19 atividades para bebês gastando pouco
10 coisas que preciso ensinar para meu filho
5 melhores formas de lidar com a birra infantil
Segundo filho – 6 dicas para evitar o ciúme entre irmãos
Descubra se seu filho está com problemas de visão

Os pais geralmente ficam tímidos e não sabem bem a melhor forma de tocar nesse assunto, não é mesmo? Às vezes nos perguntamos: “Será que se eu começar a falar sobre esse assunto estarei estimulando?”; “O que devo falar, até que ponto?”.

Por isso, acho muito importante buscar orientação da psicologia, livros, entre outros materiais educativos, para ter informações de como começar essa conversa com as crianças.

Convenhamos, essa história da cegonha é bem bolada, mas está longe da nossa realidade, então separei algumas dicas de como vocês poderão explicar esses assuntos de forma prática e simples.



sexualidade crianças

Explicando como os bebês nascem – sexualidade

Há duas formas de se dar essa explicação, a primeira seria algo assim: não precisam ficar constrangidos, inseguros, com a situação. Tentem explicar que a criança veio da mamãe e do papai.

O papai participou e formou um bebezinho dentro da barriguinha da mamãe, através do amor, não precisa entrar em detalhes, as crianças querem respostas simples nesses assuntos de sexualidade.

A segunda, para aquelas crianças que querem saber mais detalhes, seria algo assim: vocês podem começar contando que quando uma mulher e um homem adultos se gostam, eles querem ficar juntos, conversam, se abraçam, trocam carinhos, e, às vezes, tiram a roupa e se acariciam, e no meio dessa troca de carinhos, o homem introduz o pênis dentro da vagina da mulher, depois ejacula e solta os espermatozoides, pois só o homem consegue produzir um líquido chamado sêmen e espermatozoides, que vão correndo atrás do óvulo dentro do corpo da mulher e quando encontra esse óvulo, um único espermatozoide vai penetrá-lo, formando um embrião, que é o bebê, e que ficará dentro do útero, começará a crescer, se alimentar, até a hora do nascimento.

gestação

Vocês já explicaram com detalhes como o bebê foi parar dentro da barriga da mamãe. Agora, seu filho pode querer saber como ele saiu de dentro da barriga da mamãe.

Aí vocês podem explicar que ele pode sair de lá de duas formas: pelo parto natural ou cesáreo, mas vamos dar o exemplo do parto normal para facilitar a explicação. O bebê fica dentro de uma bolsa que contém um líquido que o protege.

Quando ele quer sair da barriga da mamãe, essa bolsa rompe e o útero vai empurrá-lo para fora. A vagina da mamãe abre devagar, por ser elástica, e o bebê sai por ela, o médico corta o cordão umbilical porque o bebê agora vai começar a se alimentar pela boquinha etc.

O ideal mesmo é fortalecer o vínculo eles pais e filhos, para que pais não sejam interpretados de forma negativa e as crianças não se sintam com a sensação de que em casa esse assunto não é bem-vindo e despertem o interesse de saber mais sobre isso de outras formas, já que os pais não lhes dão uma resposta sincera.

fortalecer-vinculo

Por isso, a importância de manter o diálogo aberto para que eles se sintam confiantes é fundamental!

Bem, meninas, o que vocês acham desse tema, a sexualidade? Não deu para expor todos os assuntos, mas creio que citei algo que as crianças sempre perguntam aos pais por quererem que eles lhes expliquem tais dúvidas.

Espero ter ajudado vocês de alguma forma e se gostaram desse post, peço que compartilhem nas suas redes sociais para que possamos espalhar esse assunto para todas as outras mamães e papais interessados nesse post.

Um beijo e até o próximo post!

cometario_dicas-da-japa

Esses são os canais do blog nas redes sociais, espero vocês lá:

Dicas da japa facebook
Dicas da Japa Instagram
Dicas da Japa-Google plus
Dicas da Japa - Twitter

 

 

Olá, Mamãe! Fique por dentro das novidades. =)
Coloque o seu e-mail aqui para receber em primeira mão as atualizações do meu blog.




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>